PDA

Vizualizar Versão Completa : Embreagem...


secsp
21-03-2004, 23:19
fala pessoal,


esse fds fui fazer uma trilha, e numa parte dela fui obrigado a queimar muita embreagem, só que acho q por isso fiquei sem ela. Me dêem uma idéia pelo amor de deus do q pode ter acontecido pq agora vo tentar por a mão e arrumar. não aguento mais ter problemas. essa eh a 3 trilha consecutiva q alguma coisa acontece.
tb nessa mesma trilha tive problemas com a corrente. ela ficava engripando no pinhão, ela ficava tipo com mais corrente do q dente do pinhão, e isso fazia o pinhão travar e a motoca não andar mais.
qq será q eu posso fazer pra resolver esses dois problemas??

obrigado pela ajuda galera
o terrasolta anda sendo bem útil pra mim, q tou começando!!


abraços!

secsp
21-03-2004, 23:20
ah, esqueci de falar q eh uma DTzinha 180
valeu

marconu
22-03-2004, 8:31
Primeiro, com relação à corrente, se o conjunto pinhão-coroa-corrente estiver bem gasto, não adianta fazer nada . Ela vai ficar fazendo isso sempre. Se o conjunto estiver em bom estado, é só comprar um bom guia de corrente e manter ela esticada que o problema está resolvido, pode ter certeza. (a propósito, dê uma olhada também no alinhamento da moto. Se a traseira da moto estiver desalinhada com relação à frente, ela também faz isso.

Já quanto à embreagem, temos dois problemas . Primeiro, temos que ver se a embreagem está em bom estado. Uma embreagem nova (e de qualidade!) dificilmente fica queimando à toa. Segundo, um erro muito comum para quem está começando é ficar abusando da embreagem. Qualquer que seja o obstáculo, lá está ele "engatilhando" a danada e "queimando " fricção para dar "força" ao motor. O certo é usar ao máximo a força que o motor tem, sem ficar usando a embreagem a toda hora. Quanto menos utilizarmos a embreagem (e acredite, isso é possível...), melhor se torna a nossa pilotagem e mais a danada aguenta.
E , lembre-se que, num enrosco onde a moto fica patinando, não adianta nada ficar usando a embreagem para tentar sair (ou mesmo numa situação de atoleiro). O certo é voltar a moto até um lugar onde possamos ter tração ou então tirar a moto no braço mesmo. Ficar "fritando " a coitadinha só vai resultar em mais prejuízo para você, ok?
Grande abraço e qualquer dúvida, pode perguntar

[Edited on 22-3-2004 by marconuwr]

Predador
22-03-2004, 9:17
Tudo que o marco.... postou é real, só quero reforçar algumas coisas, pois tenho uma 180.
Partindo de uma relação nova, dá pra trocar a corrente uma, no máximo duas vezes, sem trocar pinhão e coroa. Se o seu pinhão/coroa estiverem muito gastos os dentes não vai mais casar e aconteçe bem isso que vc falou, fica pulando e dando uns estalos, é perigoso quebrar mais coisas. Corrente velha e pinhão/coroa novos também não dá certo.
Ao esticar a corrente, a balança tem que estar alinhada com a corrente/pinhão, alguém bem pesado tem que estar em cima da moto. Isso é importante, regular em outras posições não dá.
Quanto a embreagem, nunca tive problema. Além da técnica de pilotagem, tem que ver se seu motor não está fraco o que obriga ficar forçando a embreagem. E não esqueça que a relação tem que ser reduzida. Eu uso 14/52.

rogerio
22-03-2004, 9:40
Acho que não tem muito o que se dizer... a turma daqui tem muita experiência mesmo... e sabe porquê? a maioria começou numa dt180, que é a numero um para começar a andar e também para entender de mecanica...rssss não se preocupe que ela sempre vai trazer novidades !!!!
Abraços

secsp
22-03-2004, 11:37
ah tah...com certeza!
o problema foi que eu queimei mta embreagem mesmo...tou começando agora, e ja sabe neh...heheh

coroa, pinhao e corrente são novas. existe algum tipo de guia de corrente reforçada, ou coisa parecida?

o motor não tá fraco, tá tudo em ordem, e a relação tb ta bem curtinha (12X48)...

mas pra eu ajeitar a embragem sozinho, será q eu vou ter problemas??
qto será q eu vou gastar pra trocar tudo??

agradeço!!

Predador
22-03-2004, 11:45
Veja, a 180 é uma moto que tem pontos positivos e negativos, dentro de suas várias limitações. O maior ponto negativo, ao meu ver, é bem claro: suspensão, em termos de desempenho, não de durabilidade. Realmente a suspensão faz com que muitas vezes não consiga acompanhar outras motos.
Quanto a mecânica não tenho nada do que reclamar. O que aconteçe é que no começo não tinha a experiência necessária e não pagava alguém que soubesse pra mexer nela. Aí ia pra trilha levando uma oficina completa nas costas, só faltava o torno. Hoje só chave de fenda e vela.
Demorei um certo tempo pra aprender porque dava problema. Ísso é importante, não apenas concertar, mas saber o que causou ele.

Predador
22-03-2004, 11:51
Arrumar a embreagem é fácil, tem alguns macetes mas quem tem facilidade com mecânica pode fazer em casa. Se quiser arriscar estamos aí para ajudar.
Vai gastar cerca de R$ 40,00.

Quanto a corrente uso o guia original. As vezes quando pega uma pedra ele sai do lugar, normal, mas nunca tive problema.
Se é tudo novo e está encavalando então a corrente ou pinhão não é de 180 ... só pode ...

Pinhão 12 pra DT? Não sei não ... existe? Vai ver que é outro passo e aí que dá problema ... o menor que já vi foi 13 ...

[Edited on 22-3-2004 by Predador]

secsp
22-03-2004, 12:26
não não...tá com pinhão de Agrale...

Roni
22-03-2004, 12:29
Secsp, na General Osório vende uns esticadores de corrente que vc coloca na balança e ajuda muito a corrente não sair!!! É baratinho e funciona muito bem!!!

secsp
22-03-2004, 13:41
acho q vou passar la na general procurar esse esticador ai... pode ser uma boa idéia mesmo...

e com relação à embreagem, qq eu faço?
tou com bastante vontade de arrumar eu mesmo...mas nao tenho mta experiência com mecânica não!
só q tou com muita vontade de aprender...

Predador
23-03-2004, 0:07
Pinhão de agrale é outro passo, não vai funcionar nunca, pode trocar.
Em relação a embreagem, se vc quer, mete a mão. Passo todas as dicas que precisar, do início ao final.

secsp
23-03-2004, 10:49
beleza Predador...
vou te mandar um zuzu q agente nao enche o tópico aqui!

apalareti
23-03-2004, 10:55
Secsp, não trate por U2U, acho que seria interessante encher o tópico com as dicas. Eu também gosto de mecânica e queria ouvir as dicas do Predador. Isso é o que faz deste site o melhor.

secsp
23-03-2004, 10:58
beleza cara....

Predador... é aqui mesmo então!

abraços!

Predador
23-03-2004, 11:44
Então vai o passo a passo pra desmontar:

1) Esgote o óleo, deixe aberto e mexa na moto de um lado para outro para limpar bem;
2) Solte o varão do freio traseiro, junto a roda (na regulagem);
3) Solte o pedal de partida;
3) Solte a tampa esquerda do motor. Se estiver com parafuso philips terá que usar uma chave grande, que encaixe bem e de boa qualidade pois se estiverm bem apertados é difícil tirar. Evite usar uma chave ruim pois pode estragar a cabeça do parafuso e fica pior. Veja a cabeça do parafuso está limpa, para a chave encaixar bem. Troque os parafusos por alen.
4) Prenda o pedal do freio para baixo, com um arame;
5) Retire a tampa. Enquanto, devagar, puxa a tampa, segure o eixo do pedal de partida para dentro (com o dedão) para não desencaixar do lugar. Se desencaixar é um poquinho chato de montar, mas sem problemas.

Acho melhor fazer isso e daí me avisar...
Não tem erro, só seguir os passos, deve demorar uns 15 minutos.

Alguma dúvida?

Esqueçi: mande lavar a moto antes !

[Edited on 23-3-2004 by Predador]

apalareti
23-03-2004, 11:49
Predador, eu fiz a troca dos discos na minha DT200 e quando regulei a porca da tampa da campana apertei somente até tirar a folga. Isto é correto, ou a regulagem deve seguir outro procedimento? Notei que ser apertar muito você altera o acionamento. É isso?

Predador
23-03-2004, 18:00
Tanto na 180 quanto na 200 tem uma marca no bloco do motor, próximo a ponta do bracinho da embreagem. Na 180 é uma bolinha, na 200 um risco em relevo. Essa é a posição onde a embreagem deve começar a acionar, a regulagem deve ser feita por esta marca.

secsp
23-03-2004, 19:52
bom...sou bem leigo nisso, mas vou tentar... vou precisar q tenham um pouco de paciência!! hehee...

só vou poder mexer nisso no fim de semana, mas vou tentar adiantar algumas duvidas já...
quais ferramentas vou precisar???
pra poder separar tudo e não ter q ficar procurando na hora...isso eh horrivel..

e como vou fazer pra esgotar o óleo??

pq tenho q prender o pedal do freio pra baixo??

depois de desmontado, vou trocar disco?

valeu!

secsp
23-03-2004, 19:59
fala predador, esqueci de perguntar só uma coisa...

como faço pra saber realmente se preciso trocar a embreagem??

abrindo dá pra ver se o problema é só na regulagem né? e como faço isso?

valeu denovo!!

Predador
23-03-2004, 20:35
Pra tirar o óleo tem um parafuso, em baixo do motor, como nos carros.
Tem que prender o pedal p/ baixo porque fica mais fácil de tirar a tampa. Se olhar na sua moto vai ver que o pedal fica um pouco na direção da tampa. Isso é só para facilitar.
Depois de tudo desmontado você terá acesso aos discos. Quando estiver aberto explico o resto, é fácil. Só de olhar talvez você já saiba como troca.

Bem, você que disse que tinha que trocar... se a regulagem do cabo está correta e mesmo assim patina só resta verificar os discos e as molas da embreagem, que ficam juntas com o disco.

As chaves podem variar pois nem sempre os parafusos são do tamanho original. Aconselho ter um jogo de chave de boca, nº 10 até 19. E a chave philips que citei. Não esqueça de comprar um jogo de juntas da DT. Eu já compro logo o jogo porque vivo mexendo e aí acaba precisando.

secsp
24-03-2004, 13:40
e existe alguma embreagem reforçada??
alguma de outra moto que possa ser utilizada na 180 que seja mais forte???

Predador
24-03-2004, 13:49
Não é necessária embreagem reforçada pra 180, a original aguenta sem problemas. O que pode variar é a qualidade dos discos. A minha, quando quis começar a patinar, depois de 3 anos, não era o disco, eram as molas que estavam sem pressão. É R$5,00 cada uma na concessionária, vão 5.

apalareti
24-03-2004, 19:28
Tenho uma DT200 e troquei os discos por paralelos. Apenas 6 sem separadores. Resultado, minha campana foi pro saco. Gastei R$800,00 reais + mão de obra.
Conclusão: Use orignal, são 7 discos + separadores.

prazeres2
24-03-2004, 20:53
Olá Apalareti,

Desculpe mas não faz muito sentido isso. Esse tipo de coisas não acontece na campana quando a embreagem é ruim.

Tem algumas coisas que nao precisam ser originais:
Relação, cabos, embreagens, plásticos, lentes de pisca entre outros podem ser paralelos de boa qualidade sem problemas.

A ficher, por exemplo, faz embreagens baratas (menos que 50 reiais) de qualidade reconhecida, todo mundo usa sem problemas, eu mesmo já usei duas vezes sem nenhum problema e ainda dura bastante.
Tem marcas ainda mais baratas que alguns dizem que funciona mas nunca testei pra saber.

Os separadores só precisa trocar se estiverem muito gastos ou azulados o que indica que esquentaram muito e perderam a têmpera.

Acho que sua embreagem ou foi montada errada e o mecanico botou a culpa na embreagem pra se livrar ou sua campana já estava ruim.

Quando a embreagem colocada é muito vagabunda o pior que acontece é patinar ou ficar prendendo.
O que estragou na campana? Ela quebrou, gastou?
Fala aí pra a gente entender isso melhor.

Abraço,
Rogério.

secsp
24-03-2004, 22:40
beleza....acho q nem vou me precipitar e comprar já...

vou esperar o fim de semana e vou abrir pra ver...e se for o caso de trocar, aí troco...

valeu pela ajuda aí pessoal!!

secsp
26-03-2004, 21:59
olá pessoal...

tentei abrir sozinho pra ver como q tavam os discos...

mas não consegui de jeito nenhum!!
os parafusos tavam tão duros que parece que pertencem ao motor!
afe...
fiquei decepcionado por nao conseguir...

vou ter q levar pro mecanico mesmo...

mas valeu mesmo pela ajuda...só de fuçar um poco já aprendi bastante coisa!!

valeu e abraço!!

prazeres2
29-03-2004, 17:19
Quando os parafusos estão assim tem que usar uma chave de impacto ou dar uma pancada sêca na cabeça do parafuso com um eixo, um parafuso longo ou com uma chave philips que aguente porrada no cabo.
Eu tenho uma chave dessa que encaixam várias pontas que eu fiz o cabo com aço. É ótima pra dar umas pancadas sem estragar a cabeça do parafuso.

apalareti
29-03-2004, 17:50
Prazeres, o mecânico que abriu o motor e identificou o problema da campana não é o mesmo que trocou a embreagem. A campana tinha marcas muito profundas (apox. 3mm), e tinha folga em todas as engrenagens, principalmente na engrenagem de contra-peso, como ele me disse que as engrenagens são casadas, comprei tudo novo.
Pode ser que a campana já estivesse ruim, afinal o ex-dono não sabia que se trocava oleo de motor.
Aproveitando. Fiz uma trilha neste domingo com o motor recem saído da oficina (menos de 100KM), e em uma subida que tive que usar a embreagem ouvi um barulho como se fosse uma porta rangendo no momento em que soltei a embreagem bem rápido.
São os discos entrando em fricção? É normal?

apalareti
29-03-2004, 17:52
Secsp, quando abri meu motor, cheguei a ficar 30 min. para tirar um único parafuso, pois não tinha a chave de impacto. Depois de passar tanta raiva e destruir quase todos os parafusos resolvi trocá-los por alem.
Na casa de parafusos me informaram que todos os parafusos Philips dos motores são de latão, enquanto os alen são de aço, o que os torna muito mais resistentes. Sem falar na facilidade de removê-los.

prazeres2
29-03-2004, 18:09
Aparaleti.

Quando a embreagem entra ela fricciona um pouco antes de engatar completamente e isso explicaria o barulho.

Mas eu nunca vi embreagem ranger assim. Como fica tudo banhado em óleo eu acho difícil acontecer.
Mas pergunta ao teu mecânico que fez o serviço que eu não tenho certeza.

Vc verificou se o nível do óleo estava correto antes de experimentar o motor na trilha?
Tem mecânico que trabalha bem mas esquece o básico :)

Inté,
Rogério.

secsp
29-03-2004, 18:41
acho que eu precisava mesmo da chave de impacto....

qto será q custa uma chave dessas???

e os parafusos são bem ruinzinhos mesmo viu...

apalareti
29-03-2004, 19:07
Prazeres, valeu, vou questioná-lo.
Secsp, procura no site www.zelao.com.br em ferramentas. Custa R$ 75,00. Más acho melhor vc pedir para o mecânico trocar todos os parafusos por alem, é mais barato que comprar uma chave destas, e o material do alem é melhor.

secsp
29-03-2004, 20:49
viiiixi
75 conto...

eh melhor eu ver as allens mesmo
heheh


soh mais uma coisa...qdo vcs abrem o motor em casa, pra fechar vocês passam algum tipo de seladora ou nem precisa???

Predador
29-03-2004, 23:18
Lembra que falei que ia precisar de uma boa chave e depois trocar por allen? Descobriu o motivo na pele... a primeira vez que soltei da minha também tive que usar chave de impacto, solta facinho...
Quanto a vedação, no meio do motor vai cola, no resto vai junta SEM cola.

[Edited on 30-3-2004 by Predador]

kique #00½
30-03-2004, 7:46
Aew...vai uma dica aew para quem naum tem chave impacto......rs...rs.....rs......solta os parafusos com mais facilidade....blz.....é só bater nos parafusos naum precisa ser com força...........mais naum em cima deles...e sim ao lado...faça ele ter movimentos laterias.....para um lado e outro....bata uma ou duas vezes pra direita e a mesma coisa pra esquerda...dai é só soltar com a chave fhilips....blz......